quarta-feira, 9 de julho de 2014

Manhã sem cor







Jane Moreira e Anorkinda



Essa manhã sem cor

Chegou em meio à neblina.

Então, veio, com pudor,
Feito tímida menina.

A garoa ainda não é ocorrente,
Mas a manhã cinza, suavemente,
Deixou cair uma lágrima de dor,
Feito gota de orvalho na flor...

Essa manhã menina
Tremeu pelo desamor
Que antevia para este dia,
Pediu ajuda à alegria.

Mas a névoa cinza impedia
a passagem benéfica do sol
e o dia amadureceu,
num cântico em tom bemol.



..................................................................... 

Contos de Fadas de Brincadeira

Infantil








Contos de Fadas de Brincadeira
Anorkinda e Jane Moreira



Quem vem comigo
esperar pelo príncipe
sentada ao pé da escada
fingindo perder um sapatinho?

Quem vem comigo
beijar milhões de sapos
jogar bola colorida na lagoa
sem disfarçar risinhos de galhofa?

Quem vem, quem vem?
assistir ao casamento da dona pata
e pintar o sete com os cabritos na mata
Lambusar-se todinho do mel das abelhas?

Quem vem lá e me acompanha
Dançar samba com os macacos
E pular de galho em galho
E brincar com a cegonha?